Jogando

Live Arcade chuta o balde e lança quatro games de uma só vez! Difícil é escolher o mais bacana

Estou meio surpresa essa semana. Não um, nem dois, muito menos três, mas quatro lançamentos na Live Arcade esta semana! Acredito que foram raras as vezes em que isso acontece, assim como é mais raro ainda que os quatros sejam tão bacanas quanto estes pareceram quando eu testei a demo ontem à noite. Geralmente quando a Live Arcade lança três games numa só semana, sempre rola aquele jogo mais xarope, sem apelo algum, meio bomba e que está ali só para fazer números. Fico extremamente feliz de ver este não é o caso!

A começar com The Baconing, terceiro game da franquia DeathSpank. Apesar de ter pesquisar por cima, ainda não entendo muito bem porque retiraram “DeathSpank” do título oficial do jogo. Mas pelo que pude ver ao joga, a mecânica continua no mesmo estilo dos games anteriores. Quem curtiu os primeiros dois games, certamente irá curtir este. O humor continua afiado, os gráficos estão um show a parte e o gameplay parece bem desafiador (eu morri algumas vezes até conseguir passar certas partes). A única coisa que mata é o preço: 1.200 MSP. Levando em consideração de que comprei os dois primeiros este ano, numa promoção, por 600 MSP cada, The Baconing vai para a minha lista de aquisições futuras, quando estiver num preço mais camarada ou tiver terminado os games anteriores (pois é, mal comecei eles). Mas ao fãs, é compra obrigatória.

Logo em seguida, Mortal Kombat Arcade Kollection que dispensa apresentações. Uma coletânea, por 800 MSP, com os três games mais clássicos da franquia: Mortal Kombat, Mortal Kombat II e Ultimate Mortal Kombat 3. Se você alguma vez na vida jogou Mortal Kombat, já deve ter jogado um dos três. Clássicos absolutos. O demo permite testar os três games, que não ganharam qualquer efeito remasterizado, parecem iguais aos originais, mesmos gráficos e tal. Claro que deram uma melhorada na resolução, permitindo que eles fiquem nítidos (de forma a manter o visual origina deles) em TVs de alta-definição. Uma coleção bacana de se ter. Devo pegar em breve, o preço achei justo. Podia ser menos? Sempre pode ser menos. XD

Talvez alguns que testarem Rock of Ages acabe achando o game travado e tosco, mas eu adorei! O humor é impecável e criatividade somada a originalidade do título o torna uma jóia rara na biblioteca da XBLA. A premissa não podia ser mais simples: você tem uma pedra enorme que sai rolando por um cenário (com um estilo visual único, meio realista, meio pintura) até chegar a um ponto certo do mapa. Nesse meio tempo, destrói casas, fortificações, desvia de obstáculos e evita o máximo de dano, para que a pedra não seja destruída. O game ainda oferece opções de estratégia, como defender seu ponto no mapa (pois bolas também vão em sua direção), construindo obstáculos e as bolas que você usa, acumulam pontos por objetos destruidos e com isso possibilida o uso de bolas de pedras ainda mais fortes, como fortificado com ferro, em chamas e até mesmo asas de anjos. Rá! Também achei o preço atrativo, mas vou esperar um promoção. Tem cara de não ser um game muito longo ou muito variado, apesar da progressão de mapas, itens e desafios não deixarem a sensação de repetição, ao menos no demo.

Por último, Ugly Americans: Apocalypsegeddon, que estava esperando ser uma tremenda bomba, mas é insanamente hilário e um arcade viciante para um sistema de repetição no gameplay. Nunca vi o desenho americano (é novo, ainda não dei uma chance), mas parece um misto de South Park com Family Guy. Só os personagens na introdução inicial já me cativaram e arrancaram algumas risadas. Tosquisse pura mesmo, mas funciona com seu jeito sem noção e arcade de jogo. O plano de cenário é aquele misto 2D com profundidade 3D (como Turtles in Time), e ao invés de ficar socando inimigos (como Scott Pilgrim) o jogador fica atirando em tudo que aparece na tela, e segue numa fase estilo 2D mesmo, cenário móvel. Muitos inimigos em tela, muitos objetos que são destruídos, power-ups interessantes e muito humor sem noção. Se fosse fã da série, compraria na hora. Como não sou, e sou pão duro mesmo, assim que rolar uma promoção, comprarei o joguinho. Adoro esse estilo de game para passar o tempo descerebrado no console. Botão de tiro apertado e só fugindo do que vier em direção a mim na tela. Recomendo fortemente que vejam o vídeo após o continue lendo e testem o jogo, que é besta, mas divertidão!

Semana de Live Arcade com títulos variados e sólidos e com preços bacanas (3 deles a 800 MSP cada e só o DeathSpank a 1.200 MSP). Estou impressionado. E para a infelicidade de quem possui uma Live-BR, nenhum deles foi lançado por aqui. Que vergonha!

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.