Já viu? Inspiração geek em jogos clássicos!

[POST DO LEITOR] Imagens e texto enviadas por Guilherme Araújo!

Nota do Editor (Thiago): Olha aí que bacana. Um leitor entrou em contato com o blog algumas semanas atrás, perguntando se poderia mandar um artigo pro mesmo. Respondi que sim e logo em seguida recebi este post que você está lendo agora. Já havia comentando que pretendo futuramente recomeçar aquele projeto onde o leitor colaborava com o blog enviando textos e matérias se o mesmo tivesse vontade. Ainda não deu tempo e fôlego pra tal, mas nada impede que isso acontece de forma mais manual. A única coisa que pedi ao Guilherme foi paciência, pois avaliar, revisar, montar um post (ainda mais cheio de imagens) leva tempo e esforço. Mas aí está. Espero que tenha valido a pena! Sem mencionar que é revigorante o texto de outra pessoa por aqui, enquanto estamos temporariamente sem equipe (perdeu isso? leia aqui). Porém ainda tenho esperanças de que o segundo semestre desse ano eu consiga bolar um bom plano para recriar um sistema bom para colaboradores. Aguardem!

Post do leitor: Guilher Araújo!

Já faz um tempo razoável que algumas empresas têm apostado em unir jogos clássicos, como xadrez, gamão e jogos de cartas ao universo dos animes e mangás. A ideia é combinar tradição e modernidade para agradar diferentes gostos e fidelizar os jogadores mais geek – que, com certeza, vão aguardar ansiosamente pelo lançamento das edições e colecionar as peças.

No ano passado, por exemplo, a MegaHouse apresentou diferentes personagens da franquia Fate/Zero em peças de xadrez. Conhecida como Chess Piece Collection R – Fate/Zero, a edição especial contou com os personagens Saber, Irisviel, Rider, Archer, Lancer e Berserker em peças com 90 cm, 12 variações e bases em cores pretas e brancas.

Além de Fate/Zero, no ano passado a MegaHouse também colocou no mercado coleções de xadrez com cerca de 40 temáticas diferentes. Entre os títulos, estavam Dragon Ball, Tiger & Bunny, Godzilla, Mobile Suit Gudam, Kamen Rider, Dunbine e Lupim III.

Agora, a aposta para essa temporada é o anime Hunter x Hunter. A série, escrita por Yoshihiro Togashi, tem muita ação misturada à referência de RPG e conta a história de Killua, Gon, Leorio e Kurapika, que se conhecem quando vão fazer a temida e terrível prova para se tornarem “caçadores”.

A Chess Collection de Hunter x Hunter tem peças com cerca de 12 cm, com opções de bases pretas e brancas. Um ponto interessante (haters gonna hate) é que a embalagem não permite ver a peça. Por isso, é preciso trocar peças com os amigos para completar o tabuleiro. Os personagens que vão fazer parte do jogo são Kuroro (Rei), Neon (Rainha), Hisoka (Bispo), Kurapika (Cavalo), Killua (Torre) e Gon (Peão).



Na mesma linha de mercado, também existem coleções com outros personagens bem famosos e adorados pela galera, como Zelda e Sakura Card Captors. Olha só:


Pra quem gosta de jogos com cartas, também existem várias opções de personagens e jogos – que vão desde o baralho tradicional até edições personalizadas de UNO.

O mercado de jogos também tem investido em peças personalizadas de dominó, com coleções assinadas por designers e tudo o mais.



PLUS: um pouco sobre Xadrez e Poker…

Uma das coisas que qualquer jogador precisa para jogar Xadrez é aprender e lembrar como se movimenta com cada peça do jogo. Como se movimentar pelo tabuleiro:

  • Torre: movimenta-se para frente e para trás, para a direita e para a esquerda, quantas casas quiser e sem pular nenhuma peça.
  • Bispo: movimenta-se na diagonal mantendo-se sempre nas casas de mesma cor que se encontrava no início do jogo, podendo ir para frente e para trás, quantas casas quiser, mas não pode pular nenhuma outra peça.
  • Cavalo: movimentos em L. Duas casas para frente ou para trás e em seguida uma casa para a direita ou para a esquerda ou duas casas para a direita ou para a esquerda e em seguida uma casa para frente ou para trás. O cavalo é a única peça do xadrez que pode pular outras peças.
  • Rainha: também conhecida como Dama. É a peça mais poderosa do xadrez e pode ir para frente ou para trás, para direita ou para a esquerda, ou na diagonal, quantas casas quiser. No entanto, não pode pular nenhuma outra peça.
  • Rei: movimenta-se apenas uma casa em qualquer direção. O Rei nunca pode se movimentar para uma casa que esteja sob ataque ou capturar uma peça que esteja defendida por uma peça adversária. No diagrama o rei preto só pode ir para cima, pois indo para a esquerda ou em diagonal estará sob ataque da torre branca. Mas existem movimentos especiais em que o rei pode andar duas casas.

Jogos de cartas –  Poker: Um dos jogos mais estratégicos e excitantes com cartas é o poker. Vale pesquisar e entender todas as regras e modos, que são facilmente apreendidas em sites como da Full Tilt, que umas dicas bem interessantes para quem está começando. Por exemplo, existem 7 modalidades diferentes de poker, cada um com suas regras de combinações de cartas – se pode combinar só entre as da mão ou com a mesa e etc – e de apostas. O jeito é dar uma olhada em todas, ver qual mais te atrai – Texas Hold’em é a mais famosa e mais jogada no mundo – e começar a jogar, de preferência com suas cartas estilizadas e geeks.

Por hoje é isso, galera. Até a próxima!

Isso também pode lhe interessar

Um Comentário

  1. Muito legal o post, sempre achei legal esse tipo de personalização usando o universo geek. 🙂

    Quando pequeno adorava criar jogos estilos xadrez usando miniaturas de Digimon. Usava um tabuleiro com desenho de gramado que achei jogado na porta de meu prédio. Também desenhei cartas para os monstrinhos e criei um sistema de mana do jogador e HP das criaturas. Ler esse post me lembrou do quão era divertido jogar esse "DigiMagicXadrezTactics".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.