Jogando

Quer mais aventuras templárias? Toma então Assassin’s Creed Rogue!

assassins creed rogue

Caraca! E quem achou que não dava para a Ubisoft arrancar mais um Assassin’s Creed das mangas ainda para 2014 mordeu a língua agora. Depois de um suposto vazamento ontem, eis que hoje a desenvolvedora confirmou que tem sim mais um game da franquia no forno e já assando para sair dia 11 de novembro, alguns dias após o lançamento de Assassin’s Creed Unity.

O game se chamará Assassin’s Creed Rogue e vai sair para os consoles que estão com o contador de vida em contagem regressiva já há  algum tempo: Xbox 360 e PlayStation 3, deixando de fora os novos consoles da oitava geração que vai receber a versão Unity dia 28 de outubro. Enquanto isso, Rogue vem com a promessa de encerrar a saga da América do Norte que se iniciou em ACIII e Black Frag. Em Rogue o jogador irá controlar pela primeira vez um Templário, porém ele ainda será um assassinado da ordem, porém que virou contra tudo e todos e se juntou aos templários. Abaixo o trailer cinemático!

Admito que estou um pouco quanto dividido com essa notícia. Assim, faz sentido lançar um Assassin’s Creed para o 360 e PS3 pela lógica da base de consoles vendidos mundialmente. As chances de Rogue vender muito mais de que Unity são enormes. Mas também não deixa de ser aquela coisa meio amarga com todo mundo que já avançou uma geração de console e não vai poder jogar porque já se desfizeram de seus consoles (o que não é o meu caso felizmente) e não irão fechar a saga que começou nos dois games anteriores? Não deixa de ser um pequeno vacilo da Ubisoft.

Tudo bem, a nova geração vai ter um Assassin’s Creed de culhões para uma nova geração, com gráficos fudidões e o tão esperado modo cooperativo online dentro da campanha principal. Não estou dizendo que é justo ou injusto. Mas é meio escroto fazer isso numa janela de tempo tão apertada. Que essa versão Rogue tivesse sido lançado agora, no meio do ano, deixando a versão Unity para o fim de ano. Deixar dois ACs saindo juntos, com a diferença de dias, competindo entre gerações, me parece que apenas a Ubisoft sai ganhando com isso, enquanto a base de fãs fica dividida entre duas gerações de consoles.

Apesar de que não duvido que tanto a saga do Ezio, quanto essa saga da América, seja compiladas muito em breve e lançadas no Xbox One e no PlayStation 4, e aí Rogue vai entrar na dança. Até porque essa parece ser uma tendência do mercado e da nova geração (que já trouxe isso da geração anterior), compilar sequências de games e franquias famosas justamente pela dificuldade que o próprio mercado impõe as vezes de se encontrar os jogas mais antigos. E aí você entende porque não há retrocompatibilidade entre consoles. Para que você compre tudo de novo é claro!

Enfim, quanto ao Rogue, apesar das novas histórias, algumas mecânicas de gameplay novas aqui e ali, além de novos cenários, como o norte do Atlântico, em terras mais geladas, ele não me parece muito diferente do que a franquia Assassin’s Creed conseguiu chegar na geração que está se encerrando. Apenas vai saciar um pouco mais quem ainda não conseguiu ou não se interessou ainda em mudar de geração. Rogue vai segurar essa porta mais um pouquinho aberta. Justo, afinal tem sido uma transição de consoles bem mais lenta do que o normal.

É isso!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.