Conversa de MangáJapãoLendo

Conversa de Mangá: Toriko 303

The Least Expected Encounter Imagineable!!

Toriko 303 Piscada

| Texto recomendado para quem está acompanhando os capítulos semanais de Toriko e que já tenha lido até o de número 303, ou para aqueles que não se importam com spoilers |

Eita, veja só, um capítulo de Toriko que na leitura pareceu que as coisas passaram tão rápido, que apenas uma única coisa acontece no mesmo estilo narrativo que vejo constantemente sendo usado em Bleach! Claro que para não soar incoerente, porque sempre reclamo desse ritmo em Bleach, vale dizer que um mangá que tem um ritmo diferente e é sempre rico em conteúdo pode sem problema algum criar numa ocasião especial um ritmo diferenciado, ainda que penda para algo rápido, seco e curto dentro de seu conteúdo semanal. E é isso que aconteceu nessa semana em Toriko, um capítulo inteiro que praticamente foi um piscar de olhos!

Mas convenhamos que foi maneiríssimo como as coisas acabam acontecendo nestes últimos eventos, com o Macaco Rei aparecendo do nada, com aquela cara de bobalhão e de repente, nesse 0.1 segundo a coisa muda completamente de figura. Pra mim foi incrível, criando uma bela injeção de adrenalina ainda dar a perspectiva do Sunny que basicamente não viu o que aconteceu. A jogada dos quadros de página duplas foi sensacional.

Claro que há um fator aqui que, imagino, o autor teve que escolher: deixar um elemento clichê ou soar um pouco forçado a cena dos personagens sendo destroçando, ou ao menos dando essa ideia. A questão do clichê poderia ser algo que vou discutir no CDM do One Piece 769 (já no ar), que é aquela coisa de cortar uma perna ou um braço de um personagem, algo que anda muito batido nos mangás japoneses atualmente. Tudo é motivo para decepar membros em pró da dramatização, só que pra mim isso anda criando um efeito contrário de tão comum que isso vem se tornando. Mas achei foda a ideia corpos sendo destroçados, incluindo a cabeça do Zebra!!

O único porém é que ao forçar isso, fica difícil imaginar que os personagens morreram mesmo. Não dá, não fica crível o suficiente. Não sei dizer que o que o Sunny viu foi uma ilusão, ou uma intenção de morte. Em Toriko tem muito disso, onde o imaginar (mesmo que venha a se tornar real depois) ainda é uma espécie de habilidade com fumaças e espelhos para entorpecer e balançar o oponente. Claro que mesmo com tudo isso, o capítulo 303 criado unicamente para fazer um ponte de suspense para o próximo ainda é muito bem sucedido em sua proposta, há realmente uma tensão palpável na situação na qual Toriko e amigos se meteram e é um clima bem diferente de quanto foi a vez do Cavalo Rei no arco anterior.

Minha única crítica, aproveitando a deixa é em relação a esse recurso do mangá de pontuar o poder das criaturas. Eu entendo que esse é um recurso antigo dos mangás, sendo que Vegeta em Dragon Ball ficou famoso com sua frase mais de 8.000 mil, mas acho que os mangás evoluíram pra um sistema onde não tem necessidade de soar como fichas de RPGs, com números que demonstram o poder de um personagem. Até porque já aprendemos que não importa somente há força, mas que há outros fatores que são considerados em batalhas de mangás. Eu não cheguei a me impactar com a ideia de um Macaco com 6.000 de pontuação, porque não faz diferença, ainda mais tendo em vista a própria proposta do capítulo. Os leitores são inteligentes o bastante hoje em dia para medir a força dos personagens sem a necessidade de quantificar isso. Acaba soando um pouco tosco, como a ideia de Toriko ter um bracelete que emite um feixe de luz que manda para um tablet o nível de forma de um animal. OK ainda ter isso no mangá, mas pra mim não é algo que precisa na forma narrativa dos mangás de hoje em dia. Talvez Toriko ainda o utilize isso como uma homenagem aos clássicos e aí tudo bem usar de vez em quando, o que é o que vem acontecendo.

No mais é isso, que capítulo incrível! Rápido, mas tenso na medida certa! Bom que a qualidade da forma como os capítulos são feitos, acabam podendo se dar o luxo de fazer um capítulo ponte, sem conteúdo, mas apenas criando o clima de tensão acima do normal aos padrões da série. Me arrepiei!

Toriko 303 Macaco

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios