JapãoJogando

Uncovered Final Fantasy XV | Impressões do Platinum Demo, as novidades e os novos vídeos!

Semana passada aconteceu um evento (Uncovered Final Fantasy XV) pela Square Enix que revelou toneladas de novidades em torno de Final Fantasy XV, incluindo uma demo totalmente novo para o game!

Este acabou sendo o meu primeiro contato com o gameplay de Final Fantasy XV, pois o primeiro demo liberado pela Square Enix foi exclusivo para quem comprou Final Fantasy Type-0 HD, o que infelizmente não pude adquirir na época do lançamento e até hoje vivo postergando a compra.

Isso torna impossível pra mim avaliar o que um demo difere do outro ou até mesmo mudanças no gameplay entre eles. Alias imagino que sejam bem diferentes, pois a Platinum Demo não traz exatamente um pedaço de Final Fantasy XV, nem mesmo as mecânicas em sua totalidade são exatamente aquelas que o jogador irá encontrar na versão final do game.

O Platinum Demo na verdade é uma apresentação para o mundo de Final Fantasy XV sem entregar praticamente nada do game em si. É uma aventura que não estará presente no game quando for lançado e os desenvolvedores criaram exclusivamente para esta ocasião dos diversos anúncios realizados. Anúncios estes que falarei mais abaixo. (pule as impressões do demo se quiser)

Vale apontar porém que mesmo sendo uma aventura exclusiva e curtíssima, todos que jogarem a aventura irão destravar um summon exclusivo da criaturinha Carbuncle, que acompanha o jovem Noctis no demo, diretamente no game principal. Não fica claro como isso será realizado, provavelmente pelo save que o demo cria (o que seria bom então não deletá-lo por precaução, ao menos por enquanto).

Impressões da Platinum Demo

A aventura se passa dentro de um sonho do jovem Noctis, protagonista do game. É uma versão ainda criança do protagonista de Final Fantasy XV, ainda que ao final do demo é criada uma situação na qual os jogadores podem testar uma única batalha de chefe, bem simples e fácil, e com os comandos que presumo sejam do game principal. O que é bem impressionante como os controles funcionam, me fazendo esquecer automaticamente tudo aquilo que vi em Final Fantasy XIII.

Antes dessa batalha que encerra a demo, a aventura se resume por passear em alguns cenários criados com a engine do game, entre uma floresta, um quarto e um cenário que lembra uma pequena cidade. Foi difícil não pensar um pouco em Kingdom Hearts enquanto jogava nestes cenários, e um jovem Noctis usando uma marreta e uma espada de brinquedo para afastar algumas criaturas azuis representando pequenos pesadelos.

PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (14) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (9)

Não há exatamente um perigo nestes momentos, pois nem passa de HP o jovem Noctis possui. E o Carbuncle também não faz muita coisa a não ser guiar o Noctis pelos cenários. Caso o jogador não explore e vasculhe os cenários da demo, ela pode ser encerrada em pouco menos de 15 minutos aproximadamente. Eu levei 60 minutos, jogando com muita calma e certa lerdeza.

O cenário mais interessante sem dúvida é o quarto gigante, na qual Noctis se vê como do tamanho de uma formiga, podendo vasculhar uma enorme área na qual se escondem alguns cristais amarelos que o jogador pode recolher para ativar alguns discos de poder ao longo do game.

PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (13)

Estes discos podem até mesmo transformar Noctis. No cenário do quarto ele vira um carrinho de brinquedo, enquanto na cidade, ele se transforme em algumas criaturas na qual presumo que estarão no game principal. São transformações interessantes e curiosas, ainda que não tenha ficado muito claro pra mim se isso estará presente no game principal ou se foi apenas uma brincadeira dos desenvolvedores. Ao menos posso dizer que dirigir como um carrinho soou meio estranho e espero que não seja esta a jogabilidade com o carro que estará presente no game pelos trailers já revelados. Achei a direção meio dura nesta demo, como se fosse complicado fazer curvas, sem a possibilidade de derrapar ou cantar pneu. Mas eu suspeito que tenha sido algo do demo mesmo. Já a transformação em duas criaturas do game foi legal e gostei dos comandos.

PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (12) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (8)

Outro detalhe que me despertou bastante curiosidade no demo são os discos de tempo e clima. O jogo tem 4 sistemas de tempo: amanhecer, diurno, entardecer e noturno. Além de três diferentes tipos de clima: quente, nublado e chuvoso. São combinações interessantes e todos os cenários presentes no game possuem discos que permitem que o jogador escolha como quer o tempo e o clima em cada um deles. Teste a noite total no primeiro cenário, ou a noite no cenário do quarto, quando o candelabro no topo se acende e você que legal fica estes cenários. E as batalhas na cidade e contra o chefão final na chuva dão um toque todo especial.

Falando na batalha final, já com o Noctis adulto, digo que achei bem interessante o novo sistema. O combate é em tempo real. Nada de menus. Você ataca, o inimigo também tem um tempo de ataque e contra-ataque, você foge o chefe lhe persegue. Há o sistema de teletransporte que funciona diferente com as duas espadas que o jogo dá ao jogador. E esse sistema é muito interessante, ainda que tenha demorado a entender que a espada enorme não funciona para se pendurar por aí, apenas a espada pequena faz isso. Há também uma magia de fogo que pode ser usada e ao finalizar o chefão, antes da saída e do término da demo, se o jogador for até o final da avenida principal, ele achará uma outro disco que permite evocar o chefão novamente. Eu achei que pela segunda fez ele foi mais difícil, mas não percebi se o seu nível aumentou. Quase morri da segunda vez, sem o Carbuncle dando uma ajuda, e porque estava meio que na zoeira testando outras coisas na batalha. Fiquei com receio de chamar uma terceira vez e não conseguir.

PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (3) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV

É uma demo curtinha e que não necessariamente me pareceu representar o game final. De qualquer forma acho que vale testar, garantir o summon extra no game quando ele for lançado em setembro e ver um pouco de como estão os gráficos do game. Eu vi relatos de quem pirou no visual, mas digo que não achei tão estonteante assim. As criaturas enormes que aparecem em alguns momentos da demo, mas que o jogador não pode entrar em confronto, são bem impressionantes, mas justamente pelo elemento da fantasia que a série Final Fantasy possui. Acho que o charme é justamente esse, muito mais do que gráficos em si. Mas ainda assim, é um belo Final Fantasy, muito mais avançado do que os gráficos de Final Fantasy XIII, que eu já acho muito bonito.

O que vem por aí em Final Fantasy XV!

Como disse no começo, junto com a demo a Square Enix liberou várias novidades e trailers. A maior delas certamente é a tão esperada data de lançamento do jogo: 30 de setembro de 2016. Lançamento mundial, e a surpresa para os brasileiros: o game terá legendas em português do Brasil-sil-sil! A própria Platinum Demo já está em nosso idioma e muito bem legendado. Não notei nada bizarro ou errado nos poucos diálogos que existem na demo.

Com a data de lançamento oficializada, o game também já entrou em pré-venda nos sistemas do Xbox e PlayStation. E é o valor padrão dos lançamentos atuais: 259 reais pela a versão normal.

Porém o mais interessante no momento é saber que a Square Enix também está preparando outros materiais multimídia para promover o game até seu lançamento: um animê em animação 2D e um longa em animação 3D!

O animê se chama Brotherhood Final Fantasy XV e será uma aventura em 5 episódios, que poderão ser assistidos pelo canal oficial no You Tube. Apesar de que a Crunchyroll veio com um comunicado interessante semana passada em seu Facebook e aparentemente a série também chegará por aqui oficialmente e legendada pelo serviço. Porém até o momento o primeiro episódio, lançado semana passada na web, ainda não consta com legendas em português (apenas em inglês). Não descobri se isso pegou a Crunchyroll de surpresa e eles estão encaixando e procurando quem faça a legendas em PT-BR ou se vamos ter que aguardar o lançamento do segundo episódio para saber como fica a localização do animê por aqui. Os episódios serão mensais (terminando antes do lançamento do game).

Além disso há o longa animado, Kingslave: Final Fantasy XV, que pelo trailer revelado parece funcionar como um prólogo para o game, mostrando uma história envolvendo o pai de Noctis, e rei desse novo mundo da série. Pelo trailer o longa parece animal! Só torço para que com essa notícia do animê pela Crunchyroll, eles também tragam o filme, que ainda não tem uma data exata de lançamento, mas deve sair antes do game ser lançado no final de setembro.

Por fim, e talvez nem tão interessante assim, fica também um anuncio de um game mobile chamado Juice Monsters Five, que será lançado para Android e iOS, e se trata de um jogo de pinball que aparece no novo trailer do game revelado semana passada (e postado mais acima). O joguinho será gratuito e também estará disponível dentro de Final Fantasy XV.

E no momento estas são as novidades em torno de Final Fantasy XV! Certamente é bastante coisa para absorver. A melhor das notícias pra mim sem dúvida foi saber que este será finalmente o primeiro game principal da série Final Fantasy XV com legendas em português. Meio que é uma forma da Square Enix mostrar que se importa com nosso mercado e está fazendo o possível para prestar atenção na gente. E isso é muito legal!

Agora só resta pegar um carro voador e voar pela linha aérea do hype até setembro de 2016!

Square Enix Presents: Uncovered Final Fantasy XV (vídeo de 3 horas de duração!!)

Mais imagens da Platinum Demo (capturadas durante a 1h em levei para terminá-la)

PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (17) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (16) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (15) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (11) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (10) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (7) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (5) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (4) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (6) PLATINUM DEMO – FINAL FANTASY XV (2)

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.