Reflexão | Acesso a banda larga é um direito básico? (Internet) – Post do Recruta

O futuro?

Por Luiz Eduardo “Never”!

Todos nós temos direitos básicos que devem (ou deveriam) ser atendidos pelo governo, direitos como alimentação, água potável, educação etc. Até aí tudo bem, mas a grande novidade é que recentemente o governo da Finlândia decretou que o acesso a banda larga também fará parte desta lista (saiba mais sobre isso no site da BBC Brasil aqui). Portanto todas as empresas de telecomunicações que atuam no país serão obrigadas a oferecer tal serviço com planos a preços populares.

A verdade que não se ouve falar muito da Finlândia por aqui, mas essa notícia me surpreendeu pelo fato do país possuir apenas 5,3 milhões de habitantes, segundo a wikipedia, e destes 96% já possuirem acesso a internet. Resumindo: a proposta do governo é atender a necessidade dos 4% restantes que não tem acesso a grande rede!

Mas aí você pode estar pensando: “Na Finlândia só tem neve e loira, o governo quer que as pessoas fiquem o dia todo na internet lendo blog, twittando e whatever?”. Claro que não, mas atire o primeiro mouse quem nunca utilizou a internet apenas como diversão. Pois é, mas hoje em dia o papel internet é muito maior que apenas entreter. Através dessa ferramenta nos conectamos com o mundo, nos informamos, comunicamos, pagamos nossas contas, estudamos, conhecemos pessoas e culturas diferentes, pessoas ganham dinheiro com a internet, muito dinheiro. Não consigo passar um dia sem internet, já não leio mais jornal impresso (exceto na sala de espera do dentista), pois sei que encontratrei o mesmo conteúdo na web. Isso sem falar dos jogos clássicos que encontramos na internet, gibis antigos, músicas, filmes, desenhos, tudo compartilhado por todos.

Enquanto isso, aqui no Brasil o governo lançou o Plano Nacional para Banda Larga, que pretende baratear os planos existentes. Os planos mais simples atualmente custam em média R$50,00 a uma velocidade de 256 Kbps. O governo promete um plano com tarifa de R$15,00 a uma velocidade de 512 Kbps, mais rápido e mais barato é verdade, porém 512 Kbps é banda larga?

E você, também concorda que o acesso a internet é um direito fundamental que todo cidadão deve ter? É correto pensar nisso enquanto outras necessidades não são atendidas, enquanto temos pessoas passando fome, morrendo com a seca? Acredita que Plano Nacional para Banda Larga dará certo em uma país grande como o Brasil e com tantos problemas?

Obs (Por Thiago): Fiz duas adições ao post do Eduardo. Coloquei duas imagens. A que abre o post feita pelo membro do DeviantArt chamado flyingdebris (aqui), e a outra imagem da seringa, mais sugestiva sobre a depedência que todos temos à internet, também do DeviantArt pelo membro LiiQa (aqui). A minha opinião fica para os comentários. 😉

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
More from Thiago Machuca

E3 2009: Novo trailer de Mass Effect 2 [X360 & PC]

Bioware também soltou um vídeo novo de Mass Effect 2 enquanto aguarda...
Read More