JapãoWallpapers

Ao som de Canon In D Major: Neon Genesis Evangelion em menos de 06 minutos! [PTunes]

Puxa vida sempre quis escrever sobre Neon Genesis Evangelion aqui no blog, mas no momento estou sem tempo para rever a série ou pelo menos os novos filmes que estão sendo lançados, sem estas possibilidades, eu prefiro ficar sem tocar no assunto, que para mim exige não só acompanhamento como também um pouquinho de pesquisa internet a fora, sem isso não sai um post digno de EVA.

Mas em meio a uma semana de muita correria (a passada), cheguei a ter um tempinho para bater o olho no post do Rackor, com aquele AMV de Code Geass (aliás teve repeteco ontem para quem perdeu) e na hora lembrei de um que gosto muito, o que é uma coisa extremamente rara, a maioria dos AMV’s que vejo, o pessoal coloca um rock pesadão ou uma música da moda, enfim, não costumo ir muito com a cara não, mas como toda a regra tem a sua exceção, eu descobri um aqui há tempos atrás depois de ver Death And Rebirth e The End Of Evangelion (os dois primeiros filmes, onde um recapitula tudo e o outro mostra um final alternativo para a série) que acho simplesmente genial, mesclando as melhores cenas do anime com os filmes, você passa pelos principais eventos da trama em menos de seis minutos ao som da tocante canção Canon In D Major (ou Canon em Ré Maior segundo a wikipédia) do compositor alemão Johann Pachelbel, música executada no encerramento de Death And Rebirth.

Sempre que me lembro de EVA, corro no YouTube para dar mais uma olhadinha neste vídeo (pois é, não baixei, qualquer dia deletam de lá e eu não acho mais…), ele me lembra que até hoje ainda não descobri direito porque gosto tanto de Evangelion, talvez porque meu gosto tenha uma caída para o drama e foi alimentado ainda mais pela presença dos mechas lutando contra os anjos, ou talvez pela curiosidade em entender a complexidade da trama ou a maluquice de Yoshiyuki Sadamoto ou quem sabe não exista alguma espécie de mensagem subliminar neste anime que não me faz largá-lo mesmo compreendendo alguns pontos da história aos trancos e barrancos, não sei bem, talvez o que mais me cativou não tenham sido os robôs, tão pouco a mistura da comédia com o drama, acho que o diferencial deste anime seria o protagonista, Ikari Shinji não é a imagem de herói ideal a se seguir, ele não tem frases feitas, ele não tem determinação, tão pouco um sonho definido em sua mente, é tímido e geralmente demonstra coragem (ou seria apenas uma euforia incontida?) por pressão dos outros, não é o tipo de pessoa na qual você se espelharia para vencer ou enfrentar um problema, ele não tem poderes extraordinários (hum… há controvérsias), seus dramas, conflitos pessoais, incertezas, nenhum deles se resolvem ao cair das lágrimas ou com um milagre dos céus, ele talvez seja o (ou um dos) protagonista mais próximo de um humano que já vi num anime, como ele vai terminar? A evolução de um humano em mundo pós apocalíptico, cheio e sangue e mesmo assim muito sentimento é o que me intriga, quero saber até onde ele vai, se ele vai desistir do pouco que ainda lhe resta, se vai encontrar forças para sempre se reerguer ou se está fadado ao fracasso desde o início, enfim, para quem não conhece só posso dizer que recomendo fortemente, até segunda ordem Neon Genesis Evangelion para mim é único.

A imagem que abre este post foi retirada lá do devianART e é de autoria do usuário Artemisumi.

Isso também pode lhe interessar

K o n S a m a

Do ser sem razão a essa explosão de emoção, do preguiçoso leitor ao (meia-boca) escritor, do tímido calado ao ator inquieto, do caminho já traçado à esquina do destino incerto. Tentei me definir, mas sem sucesso. Games, filmes, música, animes, são só o começo desse quebra-cabeça sem nexo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.