Balanço do lançamento do Nintendo 3DS no Japão e as primeiras impressões pela Web!

E o lançamento do Nintendo 3DS ocorreu no Japão com muito furor. O Hardware vendeu quase 400.000 unidades, enquanto em jogos com a ausência de títulos da Nintendo, o grande campeão foi “Professor Layton and the Mask of Miracles” com quase 120.000 cópias.

No lado do harware, isso foi um grande feito, porém para os jogos o lançamento de um peso pesado, “Phantasy Star Portable 2 Infinity” para o PSP, unido a oferta de jogos para o portátil 3D sem o uso de óculos. Sobretudo foi uma boa estréia, e nem só de jogos é feito o console. A Nintendo deve ter priorizado as third-parties para mostrar a elas que a empresa dará todo o apoio para o console.

Já faz uma semana, e as primeiras impressões de todos os jogadores que tiveram contato com o portátil tem sido mostrada, dentre eles quero chamar atenção para Bryan Ashcraft da Kotaku. De acordo com ele, o 3D cansa bastante, sobretudo devido ao esforço tremendo que os olhos tem que fazer para conseguir focar e refocar, principalmente este último, pois uma vez que o console apresenta duas telas, quando se olha para a tela inferior que é 2D, perde-se o foco e ao retornar a tela superior, demora um pouco de tempo para que o olho foque no 3D novamente, resultando assim num cansaço absurdo e dores de cabeça.


Ainda ressalta que devido a isso, deixou de usar o modo 3D, pois o console é ainda assim muito poderoso, e que caso a Nintendo lançasse um Nintendo 3DS 2D ele compraria. Mas ele não seguiu as recomendações da Nintendo que diz que deve se descansar a cada 15 minutos de jogatina, seu filho seguiu essas orientações e não teve problemas, difícil é parar por alguns instantes, ou jogar por pouco tempo, e sem o 3D talvez a brincadeira perca a graça, pois esse é o grande atrativo do 3DS.

Outro ponto a levar em conta é a duração da bateria do 3DS que é muito baixa e equivalente ao PSP, porém a Nintendo permite que você mesmo possa trocar a bateria, o manual explica como, o que abre espaço para que novas baterias sejam criadas por empresas terceiras com maior duração. Mas você pode alterar algumas configurações para que o tempo de jogo aumente.

Resto do mundo

O lançamento do console nos EUA ocorre m 27 de março, e dois dias antes na Europa. Não encontrei datas brasileiras, mas o console já foi homologado pela Anatel de acordo com o UOL Jogos, e poderá ser testado no troféu Gameworld, cuja minha ida ainda é uma incógnita, mas estou bem empolgado para testar o portátil da Nintendo sucessor do DS.

Confira um vídeo com o pessoal do Gamespot abrindo a caixa do aparelho:

PS: A imagem que abre o post é da banda pop japonesa Arashi, garotos propaganda do Nintendo 3DS.

Isso também pode lhe interessar

14 Comentários

  1. Se o grande chamativo do aparelho que é o 3D é tão incômodo que fez o cara desligar ele, isso pode ser uma grande desvantagem. Tem gráficos mais poderosos que o antecessor, mas comparado com o NGP é como comparar o PS3 com o Wii. Vai vender muito sem dúvida, principalmente conforme for lançando jogos da Nintendo, mas não acho que bate o sucesso do DS.

    1. Sim, tem como desligar o 3D.
      No lado direito tem um slider que regula a intensidade do 3D, e ela pode ficar no mínimo que é nada.

  2. Vou esperar os reviews dos jogos quando sair nos Estados Unidos… Os jogos são o que mais importa, principalmente os clássicos da Nintendo… Se tudo der certo compro ainda esse ano…

  3. Cara como eu queria um desses,pois dizem que jogos de DS são bons imagina 3D…
    Tomara que dê pra mim comprar quando vir pro Brasil.

  4. Só acredito quando jogar, japoneses tem ataques epiléticos só de assistir Pokémon. =P
    Mas to cada vez mais pensando mais no NGP… jogos de PS1… 8D

    1. Só acredito quando jogar, japoneses tem ataques epiléticos só de assistir Pokémon. =P[2]
      Já viu as crianças com o MCdonald do Bob Esponja…
      hauahuahauahua

      1. KKKK é verdade. Mais para mim entre remakes de jogos de PS1 e os de N64 claro q fico com N64. Para mim os portáteis da Sony nunca foram grandes coisas nem em jogos e nem em gráficos, já o DS é bom pelo menos em uma coisa 😛 .

  5. 15 minutos? Aí é tenso, eu to acostumado a fica horas seguidas jogando. Imagina para de 15 em 15 minutos num RPG de 60 horas.

    Bom, eu ainda não tenho meu DS normal, vo compra ele primero xD

  6. Sei que para a maioria o atrativo vai ser o efeito 3D mas eu estou esperando o console principalmente por causa dos remakes do N64, para jogar os bons games que foram lançados para o DS e também por causa dos games dos portáteis antigos da Big N, provavelmente nem vou usar muito o efeito tridimensional, afinal até já esperava ver gente reclamando de dor de cabeça com ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.