JapãoLendoNas Bancas

Direto da Banca | Planeta Hulk, Bidu, Azumanga, Morcego Verde, Naruto e Ataque dos Titãs

DiretoBanca 22ago

Aí estão as minhas aquisições da semana pelo meu passeio semanal a banca de jornal. Há algumas coisas realmente interessantes para colecionadores e leitores de quadrinhos em geral. Na parte de mangás, acredito que o destaque vá para Azumanga Daioh, que finalmente está sendo lançado no Brasil pela editora NewPop. Topei colecionar Azumanga porque é um título realmente clássico pra mim, conforme já relatei aqui no blog, e também porque são apenas 4 volumes. Admito que a princípio o preço de 17 reais não me agradou em nada, mas o material e o acabamento do mangá é bom o suficiente para deixar esses detalhe do preço um pouco de lado e também porque é uma coleção curta. Certamente se fossem muito mais volumes, não teria coragem de colecionar um mangá nesse valor. O que me surpreendeu mesmo é que Azumanga é – e eu não sabia – um mangá em tirinhas. É a primeira vez que vejo mangá nesse formato. Não é ruim, apenas diferente. Nesse ponto, devo dizer que a versão em animê ganhou ainda mais o meu respeito por conseguir reunir tirinhas em um formato de 25 minutos por episódio.

Azumanga Daioh

Outra aquisição bacana e esporádica da minha rotina de quadrinhos foi o volume único da mais nova Graphic MSP: Bidu Caminhos. Já comentei numa oportunidade anterior aqui no blog como é bacana essa iniciativa e coleção do universo da Turma da Mônica feita em formato graphic novel feita por grandes desenhistas brasileiros. A própria prévia oficial de Bidu Caminhos também já havia sido postada aqui no blog mês passado. Peguei a edição capa dura, claro, e é tudo o que já esperava. Preço justo, acabamento de primeira, e a história tem todo um apelo visual único do começo ao fim. É uma daquelas coleções que vai ter muita gente num futuro arrependida de não ter adquirido caso esteja ignorando estes volumes hoje em dia. E torço muito para que a Maurício de Sousa Produções pense futuramente em criar animações para a TV ou até mesmo para o cinema, usando o apelo visual dos desenhos dessa coleção.

Bidu Caminhos

Além destas aquisições especiais, continuo a minha saga com outras publicações. Essa semana foi o lançamento dos almanaques de personagens Disney, com Zé Carioca, Pato Donald, Mickey e Tio Patinhas. Todos os almanaques com republicações de rotina dessas publicações. Algumas HQs são clássicas, outras nem tanto. De excepcional mesmo, vale mencionar O Cavaleiros das Dívidas, uma HQ de 1994 que jamais havia sido republicada. Trata-se da estreia original do Morcego Verde nesse uniforme que faz uma paródia com o Batman, trazendo uma nova origem, mais sombria, e muito mais bacana que a versão clássica. E a HQ é uma brincadeira sim com o clássico Batman – O Cavaleiros das Trevas. Com direito ao Superman participando especialmente fazendo o papel que seria do Superman no clássico da DC. Essa HQ é certamente imperdível para quem nunca leu. Esta também não é a primeira vez que menciono O Cavaleiro das Dívidas no Portallos, tem uma matéria bacana com várias imagens dessa raridade aqui.

O Cavaleiros das Dívidas

Também consegui mais um volume da Coleção Graphic Novel da Marvel, com a segunda fucking parte de Planeta Hulk! Alias a Marvel agora que entrou nessa onde de filmes espaciais, bem que poderia mandar esse arco do Hulk para o cinema. Seria épico sem dúvida alguma. Agora espero que não demore para vir o volume de Hulk Contra o Mundo, que ocorre logo após os eventos de Planeta Hulk e que já está confirmado que sairá também nesse coleção.

Planeta Hulk

Para encerrar o Direto da Banca da semana, voltando aos mangás, peguei Naruto e Ataque dos Titãs da Panini. Naruto nada a declarar, pois todos aqui sabem que acompanha a história semanalmente pela internet e os volumes comprados pela Panini é minha forma de apoiar o mercado nacional e tê-lo na prateleira. Apesar de que fico imaginando que se eu soubesse que o mangá daria essa guinada ruim que deu de um ano pra cá, se ainda valeria a pena ter colecionado o título. Se Naruto acabar de uma forma merda, será que ainda terá valido a pena apostar nessa coleção? Não sei dizer. Os bons momentos do mangá e toda a jornada foram divertidos, isso é inegável, mas já do ponto de vista de um colecionador, há certas perspectivas que teria que ponderar. E Ataque dos Titãs, ainda no volume 5, mas quase chegando no ponto em que o animê parou, vamos ver se a Panini ultrapassa isso antes da segunda temporada sair em 2015. O curioso é que ainda não me decidi se vale a pena acompanhar o mangá pela internet, como já faço com outros, ou se espero a segunda temporada do animê. De qualquer forma, estou achando bacana também ver estes eventos da história através do mangá impresso. E é um bom título para coleção sem dúvida.

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.