Jogando

(Mais um) Rashid é o segundo personagem inédito de Street Fighter V!

Opa, olha aí: 11 personagens já revelados em Street Fighter V! E a Capcom já avisou que serão 16 lutadores quando o game chegar em 2016 exclusivamente para PlayStation 4 e PC! Destes, serão 4 personagens totalmente inéditos, sendo que Necalli foi o primeiro a surgir. E agora Rashid, um lutador do Oriente Médio, com o poder do Avatar de Vento, torna o segundo personagem inédito do título.

Então, nas contas, faltam mais 5 personagens para serem revelados, 2 inéditos e 3 retornos. Ai ai ai, quem será que retorna? O produtos do game, Yoshinori Ono, já disse que irá revelar um lutador brasileiro na Brasil Game Show (agora em outubro), e apesar de apostar no Blanka, há quem ache que pode vir a ser um personagem totalmente inédito. Será?

Então e pra quem ficou perdido nas contas dos personagens, vambora contar novamente toda a classe já escalada para Street Fighter V, ok? Ryu (1) – Chun-Li (2) – Nash (3) – M. Bison (4) – Cammy (5) – Birdie (6) – Ken (7) – Necalli (8) – Vega (9) – R. Mika (10) – Rashid (11). Lembrando que para mais postagens recentes sobre o título, basta clicar aqui, e vale também seguir o canal Capcom Unity Brasil que tem todos os vídeos oficiais do título!

Para terminar, a respeito de Rashid, achei o design e estilo de luta do personagem bacana. Gostei dele me lembrar o Avatar (aquele desenho da Nickelodeon que se você até hoje não viu, deveria ver – tem na Netflix) com seus poderes de ventania e também achei o máximo ele ter o radar de 8 mil pontos do Vegeta de Dragon Ball. Certamente será útil contra os apelões do mundo de Street Fighter. Hahaha

Zoeiras a parte, eu acho muito bom que a Capcom vem trabalhando essa coisa de estilos e poderes de lutas totalmente diferentes para cada personagem da série. Eu nunca foi um jogador profissional do gênero das lutinhas, mas até antes de Street Fighter IV na geração passada, nunca tinha parado para perceber o quão diferente os estilos de combate dos personagens eram. Pra mim sempre foi chute, soco e kameha… quer dizer Hadouken. Claro que acompanhar um pouco mais de perto torneios como o EVO (Evolution Championship Series) também me fez perceber que há muito mais sobre técnicas estratégias do que simplesmente apertar botões como um louco, sem planejar exatamente seu set de combos e especiais. E há uma molecada hoje em dia que faz isso de forma muito natural. Nesse ponto admito estar velho demais. Não tem a menor possibilidade de planejar meus combates dessa forma nestes joguinhos. Eu sempre vou pela boa e velha improvisação. O que funcionar, funcionou e que eu tenha um pouquinho de sorte.

É isso!

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.