LendoVídeos & Trailers

Lá fora | Quadrinhos Disney autorais na França parecem um espetáculo! (Glénat)

Muitos leitores e fãs que acompanham as novidades dos quadrinhos Disney mundo afora estão atualmente de olho no trabalho que a Editora Glénat lá na França está tendo com novos materiais de uma coleção Disney que começa a ser distribuído no país agora no mês de março de 2016.

Trata-se de Graphic Novels de luxo, totalmente autorais, ou seja, criados por artistas com sua própria visão do mundo Disney, com suas próprias artes e estilo. Tudo impressão em papel especial, encadernação de luxo e capa dura! Para melhor compreensão, podemos comparar um pouco o projeto francês com o que a Editora Panini faz aqui no Brasil em parceria com a Mauricio de Sousa Produções na coleção Graphic MSP da Turma da Mônica, que destaca artistas nacionais e dão o universo da Mônica para que eles interpretem dentro de sua própria arte e estilo. É meio isso que está acontecendo na França com os quadrinhos Disney neste momento.

Para março estão confirmados dois encadernados: Mickey’s Craziest Adventures de Lewis Trondheim & Nicolas Keramidas e Une Mystérieuse Mélodie de Bernard Cosey. E em outubro de 2016, como diz no vídeo que abre a postagem, dois novos álbuns devem ser lançados: Mickey vu par Loisel & Mickey vu par Tebo.

Talvez estes títulos das edições de outubro sejam provisórios, pois “vu par” no francês seria algo como “sob a visão“, “visto por“, enquanto Loisel e Tebo são os nomes dos artistas convidados para as edições em si. No vídeo acima é possível ver um pouco das artes destas edições de outubro e como é o traço de cada um dos artistas da próxima rodada.

Quanto aos álbuns de março, abaixo há uma extensa galeria de imagens que reuni para mostrar um pouco mais do visual dessa coleção. Vale a pena conferir! Dá para ver que são encadernados grandes, nada de formatinho não!

A respeito do que se trata cada encadernado, como meu francês é péssimo, pra não dizer nulo. O Pedro Bouça, participante lá do Grupo Fechado Disney em Quadrinhos no Facebook publicou algumas informações sobre as histórias de cada um destes volumes de março. O texto original está no link mencionado neste parágrafo, mas também o reproduzirei partes dele abaixo:

Pedro Bouça — “O primeiro álbum se chamará Mickey’s Craziest Adventures (sim, em inglês mesmo), por Lewis Trondheim e Nicholas Kéramidas. Na trama, Bafo e os Metralhas juntaram forças para roubar a caixa-forte do Tio Patinhas usando uma máquina de miniaturização roubada do Prof. Pardal. Mickey e Donald vão atrás deles. A peculiaridade dessa história será a fórmula narrativa. Como nas HQs publicadas no Journal de Mickey dos anos 50, ela será contada em capítulos de uma página. Só que… É uma história antiga (tem até códigos de identificação fakes nas imagens de exemplo!) e alguns dos capítulos se perderam, então a narrativa terá “buracos” para representar a experiência de você ler uma coleção de Mickeys franceses antigos em que faltam alguns números. O álbum terá 48 páginas no formato franco-belga (24 x 32 cm, capa dura) e custará 15 euros.

Pedro Bouça — “O segundo álbum é Une mystérieuse mélodie ou comment Mickey rencontra Minnie (Uma melodia misteriosa ou Como Mickey conheceu Minnie), de autoria de Cosey. O álbum se passa em 1927 nos EUA. Mickey é roteirista do astro de Hollywood Dog the Dog, mas seu produtor, Big Boss, diz que o público está cansado de comédias e quer que Mickey escreva uma história trágica, coisa que ele nunca fez antes. Toda a trama se passa no trem em que Mickey está voltando para casa após o encontro com o produtor, enquanto ele pensa no que vai escrever. O título já adianta o que acontecerá depois. Cosey é conhecido por suas obras introspectivas e filosóficas, esta não deve ser diferente. O álbum terá 64 páginas em um formato um pouco menos (24 x 28 cm, capa dura) e custará 17 euros.

E pra encerrar, para quem ficou babando nestes quadrinhos Disney pela Glenát, já adianto que até o momento da publicação desta postagem não existe qualquer indício de que esta coleção possa vir a ser trazida e publicada no Brasil. Por enquanto é esperar o lançamento francês, sua repercussão e ver se outros países irão traduzir e publicar mundão afora. No momento parece ser um lançamento exclusivamente para o público francês.

Mas certamente é invejável a atitude da França em produzir um material tão fora da bolha da formulinha de produção de quadrinhos Disney. Quer dizer, a Itália já faz estes experimentos há anos, como a série futurista do Superpato ou os quadrinhos de adaptações de contos famosos com o estilo de Graphic Novel de Fabio Celoni ou Paulo Mottura. No fim, é de se imaginar o que será que os artistas independentes brasileiros poderiam criar se houvesse a chance de fazer algo semelhante…

Fotos reais das edições francesas

Keramidas e seu exemplar de Mickey’s Craziest Adventures!!
(foto via página no Facebook do artista)

Mickey’s Craziest Adventures Foto

Mickey’s Craziest Adventures de Lewis Trondheim & Nicolas Keramidas
(França – Lançamento Março/2016)

Une Mystérieuse Mélodie de Bernard Cosey
(França – Lançamento Março/2016)

E é isso!

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.