Conversa de MangáJapão

O que você ainda se lembra de D.Gray-Man? | E o capítulo 219 – Procurando A.W.: Ele esqueceu o amor

2 anos depois do hiato...

Bem, por onde começo? Talvez assumindo que escrever sobre um mangá que está sem novos capítulos desde dezembro de 2012 não é nem um pouco fácil. Sem mencionar que não era eu quem escrevia sobre a série aqui no blog.

Era a Sofia (a Dakini para alguns leitores das antigas) quem se deliciava fazendo Conversas de Mangás da série, sendo que o último publicado por ela foi o do capítulo 213, neste link do distante 07 de abril de 2012! Fui ler esse texto ontem para me recordar em que é estávamos em D.Gray-Man e admito que nem me lembrava de quase nenhuma das referências que ela fez no texto. Já se passou tanto tempo assim ou eu estou realmente muito gagá? Hahaha.

Só que aí cheguei a conversar com Sofia ontem mesmo no Facebook para falar se ela havia visto a respeito do retorno de D.Gray-Man e ela também admitiu que não se lembrava de muita coisa sobre o mangá. Ufa, então não sou eu! Uma pena apenas que como ela anda bem ocupada nestes últimos tempos, não será ela a escrever esse CDM. Mas prometo me esforçar para ele ficar legal, OK?

Como resolver o problema de memória de um mangá que ficou em hiato há quase três anos? Bem, uma das coisas que fiz semana passada foi aproveitar para ler o volume 24 do mangá, que foi lançado em maio de 2014 aqui no Brasil pela Panini, na qual torço muito para que ainda tenha os direitos sobre a série e que continue lançando os próximos volumes quando eles retornarem no Japão.

Ler o volume 24 realmente ajudou muito pouco a relembrar todas as premissas do universo da série. D.Gray-Man começou de um jeito e ao longo dos anos se tornou algo bem mais complexo e complicado. Há personagens desaparecidos há muito tempo da história, tem plots que vieram, passaram e como faz anos que o mangá existe, a gente mal consegue lembrar. Todos os arcos e sagas, todas as evoluções de poderes, todos que morreram ou não estão com um paradeiro estabelecido. Vixe! Só que mesmo com tudo isso, ainda acho D.Gray-Man um mangá incrível, do tipo de universo e personagens que não existem mais nessa nova geração de mangakás! Ele é da geração diretamente ligada a Naruto, Bleach e One Piece e é muito bom vendo-o retornar, talvez agora para pisando na premissa de que ele precisa terminar antes que sua autora, Katsura Hoshino, pare novamente por conta da sua saúde debilitada.

D.Gray-Man retornou, agora sendo publicado pela Jump SQ. Crown, uma das muitas revistas derivadas da linha Jump. E a publicação é trimestral, ou seja, o próximo capítulo só deve sair em outubro agora. Porém para nossa felicidade, cada capítulo tem um número suficientemente bom de páginas, em torno de 50, para trabalhar com a história e entregar incríveis ilustrações da Hoshino, que mostrou incrível técnica e esforço para o capítulo 219!

Recordações de um universo de exorcistas e demônios!

dgray-man-001

Vou então fazer um exercício de memória aqui, OK? Quem quiser ajudar nos comentários, emendando informações ou consertando qualquer bobagem que eu disser aqui, fique a vontade. Também não vou narrar saga a saga todos os eventos importantes que aconteceu até agora, muito menos explicar a origem de todos os personagens. Minha intenção é criar apenas a base e esqueleto do mangá.

D.Gray-Man é uma série sobrenatural, que se passa em tempos de demônios, os Akumas, e exorcistas, regidos pela Ordem Negra. Ela conta a história desse jovem Allen Walker, que tem muito mais segredos do pensávamos quando o mangá começou. Ah, vale lembrar que lá no início de tudo, Allen tinha 15 anos, mas o traço da Hoshino evoluiu tanto que hoje ele não parece mais ter 15 anos. E a história é tão longa e complicada, que eu já não sei mais quantos anos se passaram desde o início do mangá. Apesar de que mais pra frente a gente descobre que o Allen não envelhece por causa do… bem calma que eu chego lá.

O Allen Walker é então o protagonista da história, ele caça Akumas, utilizando seu olho amaldiçoado e seu braço anti-Akuma, que depois vamos descobrir que é uma espécie de arma chamada Innocence. O vilão, ou antagonista da história é o tal Conde do Milênio, uma figura estranha no começo, que lembra um palhaço macabro, e que também esconde seus mistérios e grande peso na trama principal, como o capítulo 219 acaba revelando. Os Akumas são criação do Conde, feitos a partir da saudade que os vivos tem pelos entes queridos que faleceram, ou algo assim. E os Akumas possuem níveis de poder e se fortalecem ainda mais com o tempo. Há Akumas que são devastadores em alguns arcos posteriores da história.

Para combater o Conde e seus Akumas existe a Ordem Negra, uma espécie de grupo organizado de Exorcistas e pesquisadores que lutam e combatem estes monstros usando as armas chamadas Innocences entre outras pequenas invenções do grupo de cientistas da Ordem. Mais a frente a gente descobre que eles são mais militarizados do que aparentam no começo de tudo. Allen Walker se junta a Ordem Negra após seu mestre, um General da Ordem, Marian Cross, desaparecer.

dgray-man-004

A base inicial do mangá é bem simples então. Mas é depois disso que as coisas vão se tornando mais complexos e o universo da série vai se expandindo para além do inimaginável. Surgem, por exemplo, a Família Noah, que são descendente da humanidade e do Noé (aquele da arca). São uma espécie de humanos especiais, apesar da referência religiosa, a história não fica falando em Deus ou Inferno. Eles são imortais (ou quase), possuem uma cor de pele diferente, tem poderes e habilidades individuais extraordinárias para cada membro da família, composta por 13 indivíduos, e mais a frente se descobre que existe um 14º (Neah).

Do outro lado há as Innocences, armas criadas para combater o mal do mundo. E criadas é uma maneira de dizer, pois elas apenas existem no mundo graças a uma Innocence chamada “Coração do Mundo” que ninguém sabe de onde veio ou onde se encontra. A Ordem a procura para melhorar seu domínio sobre as Innocences e para a proteger, já que o Conde do Milênio a quer destruir, pois assim todas as Innocences desapareceriam.

E as Innocences despertam em certos humanos, que a Ordem os recruta para se tornarem exorcistas. Muitos humanos enlouquecem quando não controlam ou entendem o porque possuem habilidades estranhas que as Innocences despertam. E elas também possuem tipos específicos e evoluem. Nesse ponto eu me lembro um pouco menos, mas sei que a do Allen é do tipo parasita e há outras como a do Kanda que despertam em forma de armas ou tem a da Lenalle que era uma coisa e posteriormente se tornou uma espécie nova, do tipo sensitivo, que salva engano era um tipo bem perigoso ao portador da Innocence.

A primeira fase e segunda do mangá fica explora os elementos acima. Allen vai conhecendo seus amigos na Ordem, enquanto busca pelo General Cross, os Noahs vão aparecendo aos poucos, se mostrando como adversários a principio impossíveis de serem derrotados, mas nunca como vilões totalmente ruins, como os Akumas se apresentam. Há Noahs que se simpatizam com o Allen, como a Road e por isso nunca fica claro se todos precisam ser necessariamente classificados como vilões. Qual o papel dos Noahs no universo da série? Isso ainda é algo que merece ser discutido antes do mangá ser concluído. Eles seguem o Conde porque sem ele, todos os Noahs desapareceriam.

d-gray-man-characters

Quando o mangá entra em sua terceira e posteriores fases é que as coisas vão se complicando. Há o arco da Arca do Conde, onde quase todos os amigos de Allen se sacrificam e supostamente morrem presos dentro de uma dimensão que está se dissolvendo, mas no fim o Allen toma o controla da Arca, algo que somente um Noah poderia fazer e todos são salvos. Tem o arco onde a Lenalle quase morre por um Akuma que até então era tão poderoso que ninguém jamais havia visto aquele nível de poder e é aí que a sua Innocence se torna um novo tipo. Lavi e o Bookman também surgem como uma peça importante para a história que viria a seguir. Marian Cross é encontrado e o passado de Allen começa a ser revelado. Até culminar no grande clímax de destruição da sede da Ordem Negra que todos os leitores do mangá acompanhavam desde o começo da história.

Nesse ponto a minha memória vai se esvaindo um pouco. Foi aí que o mangá foi entrando em hiatos de tempos em tempos e a leitura parou de ser habitual e rotineira. Há um período na qual o Allen some porque fica muito debilitado por conta do olho e de seu braço (que ao longo do mangá passa por transformações). A Ordem se muda para uma nova sede. Surge a Ordem Negra do setor asiático. E os generais da Ordem são convocados porque a ameaça do Conde e dos Noahs nunca foi tão grande.

dgray-man-akuma

Eu não me recordo em que ponto surge o Apocryphos, uma Innocence em forma de humano, que diz ser guardião do Coração do Mundo. Me recordo que ele ataca e supostamente mata Cross, porém o corpo some depois de uns eventos (não some?). Me lembro na época ter a impressão de que tudo isso era armação do Cross e que ele ainda guardava segredos importantes para o final do mangá (como seu passado entrelaçado com Mana Walker e Neah até resolver adotar o Allen). Apocryphos também meio que mata o Howard Link, outro personagem que agora se mostra importante na história, e que não tenho certeza de que lado está, já que ele está seguindo ordens de Rouvelier, um dos fundadores da Ordem (alias acho que ele tem outro nome no mangá da Panini, não?). Rouvelier parece não ser um dos mocinhos, já que ele quer Allen Walker morto e pouco se importa com os membros da Ordem, sendo que ele apenas que o Conde morto e derrotado. Nada mais o preocupa. É aquele personagem sem escrúpulos.

E aí estamos na fase atual do mangá. Allen Walker descobre muito mais sobre seu passado do que talvez gostaria. Ele descobre que Mana Walker, seu pai adotivo (não se sabem quem são os verdadeiros pais do Allen) morreu e Allen o trouxe de volta como Akuma e foi aí que ele ganhou o olho amaldiçoado (apenas não me recordo o porque ou como isso ocorreu). Mana Walker tem um passado com Neah, o 14º Noah, mas isso é coisa para falar mais adiante. Resta apenas dizer que Neah traiu a família dos Noahs e o Conde o matou, mas não antes de Neah implantar sua memória dentro do Allen, em circunstâncias ainda não explicadas. E o Allen está despertando o 14º Noah dentro de si, correndo o risco de ter sua existência apagada do mundo se o 14º despertar por completo e assumir seu corpo. Nesse ponto ele simplesmente foge da Ordem, pois não acredita que as respostas para seus problemas estão lá, já que até mesmo o Cross morreu (ou pulou fora da organização) e  Rouvelier e Apocryphos o querem morto.

apocryphos

É aqui que começa esse arco “Procurando por A.W. (Allen Walker)”. Com Johnny Gill, um dos amigos cientistas do Allen deste o começo do mangá, Kanda também foragido da Ordem por não seguir direito as ordens do superiores após as mudanças da queda da sede onde ele ficava e o Howard Link, um seguidor do Rouvelier, mas que aparenta querer seguir Allen até descobrir a verdade por trás de tudo. E após alguns eventos, como a morte do Timcappy, e a separação do grupo, exceto pelo Gill que está ligado ao Allen pro algemas elétricas (para que ele não fuja), E Allen ter se manifestado como Neah e quase ter matado o Gill, a tensão cresce até Apocryphos quase matar Kanda e o Conde encontrar um confuso e perdido Allen!

E aqui estamos… começando o capítulo 219!

219 | Procurando Allen Walker: Ele esqueceu o amor

 Ufa, e cá estamos! 2 anos depois do embate entre Allen e o Conde começar. E o que devia ter de fãs achando que D.Gray-Man nunca retornaria. Eu admito que já tinha jogado a toalha no chão. Agora é torcer ao menos para que a Hoshino termine o arco Procurando A.W., e a julgar pelo capítulo, fico esperançoso de que isso possa ocorrer em breve. Quer dizer “breve” na forma que um mangá trimestral pode ser.

Se os próximos capítulos tiverem esse ritmo de aproximadamente 50 páginas por edição, os próximos volumes da série devem ser encadernados de 4 em 4 capítulos. Está ótimo. É ver se o arco pode terminar em mais 150 páginas (3 capítulos) ou se vai tomar dois novos volumes, o que significaria que ele ainda irá durar 7 capítulos (350 páginas).

Foi um capítulo muito bonito. O traço da autora está incrível. Eu fiquei tenso por todo o momento na qual o Neah e o Conde se abraçavam, achando que em algum momento alguém iria golpear o outro mortalmente. E achei emocionante o Conde em conflito consigo mesmo, até finalmente resolver tirar sua fantasia e assumir a forma humana.

dgray-man-219a

D.Gray-Man também segue um caminho arriscado e até mesmo problemático pra mim. Porque Neah parece um personagem importante, mas acredito que nenhum leitor quer realmente vê-lo assumir o corpo do Allen e o protagonista desaparecer de seu próprio mangá. Será que Neah e Allen eventualmente vão dividir o mesmo corpo e as mesmas memórias? Seria muito bizarro ambos coexistirem simultaneamente. Eu não gostaria disso. Talvez a melhor solução seja Neah resolver seus problema e desaparecer do corpo de Allen.

Apesar de que o capítulo já deu uma indicação do que pode acontecer. O Conde e o Neah eram uma única pessoa, até que sabe-se lá porque se dividiram em dois corpos (se tornaram bebês). Será que o Conde vai incorporar a alma de Neah que está preso ao Allen? Isso resolveria o problema mencionado acima. Ou Neah e Allen vão se separar tal como ocorreu no passado, só que aí eles não teriam que se tornar bebês?

dgray-man-219c

Gostei também que a autora se preocupou em recapitular pontos importantes do arco através da conversa do Wisely com a Road. E eu não me recordo o que aconteceu com a Roda para ela estar nessa forma. Preciso procurar isso nos capítulos anteriores (ou alguém me conta nos comentários). E Apocryphos foi realmente capturado. Quero ver aonde isso vai dar! Eu acho um personagem interessante ele, mas acho meio chato esse efeito de “penas” ou folhagem que ele causa nas pessoas e nas innocences. Uns capítulos passados tava difícil entender os desenhos e lutas por conta disso. O Allen mesmo tinha um momento na qual parecia estar ganhando asas por causa dessa ressonância do Apocryphos.

O capítulo 219 em si não teve muito texto ou elementos para conduzir a história para tramas paralelas. Foi bem desenhado, com um forte apelo emocional e totalmente direcionado ao passado de Neah e do Conde. Ainda que não tenha mostrado as razões que levaram aos eventos do capítulo. Por que e como o Conde matou Neah? Qual o peso e a importância de Katerine? E caraca! O Conde do Milênio é o Mana Walker! E onde o Allen entra nessa história!?

dgray-man-219b

Não tenho nem como pensar na cronologia das coisas agora. Como que o Conde do Milênio matou o Neah e depois se tornou o Mana Walker que adotou Allen Walker? Será que no processo de acabar com o Neah isso destruiu suas memórias? Aí quando ele morreu como Mana, ele retornou como Conde sem algumas destas memórias? Bugou meu cérebro. E provavelmente isso é discussão para o capítulo 220!

De qualquer forma é um grande reviravolta para o Allen sem dúvida alguma. E agora? Será possível tornar o Conde do Milênio no Mana Walker do passado? E o que isso fará com a família Noah. Fica bem claro que o Wisely odeia a própria existência do Neah, o que dá indício de que o Neah deve ter feito algo muito grande no passado aos membros aos Noahs. Ai ai ai.

E paro por aqui! Espero que os leitores tenham curtido esse Conversa de Mangá especial e que possam demonstrar isso deixando aqui na página sua própria opinião e comentários em torno do mangá e de seu retorno!

allen-instagram

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios