LendoRapidinhas

Próximos lançamentos da Editora Aleph para março e abril de 2017!

Pura coincidência ter falado nesta sexta-feira no site de Star Wars – Marcas da Guerra e nas redes sociais de Eu Sou a Lenda, ambos títulos lançados no Brasil pela Editora Aleph e, no mesmo dia, a editora realizar uma transmissão ao vivo em suas redes sociais abordando seus próximos lançamentos para março e abril de 2017.

Claro, talvez tenha sido o algoritmo espião/mágico do Facebook que me alertou de tal Live. Em todo caso acabei assistindo e ficando animado para comentar a respeito dos próximos lançamentos da Aleph por aqui. Afinal, aqueles que acompanham os textos sobre livros aqui no site sabem que foi a Aleph que me trouxe de volta em 2016 a ter o hábito de ler livros e especialmente de alimentar essa área aqui no Portallos que estava em recesso havia um bom tempo.

Então não tem como não ter uma certa expectativas com a editora para 2017. Em particular sequências de obras iniciadas pela mesma, como a séries Robôs do Asimov, a saga dos Executores que se iniciou com Coração de Aço, a continuação de Guerra do Velho, a segunda parte da trilogia Aftermatch de Star Wars e por aí vai.

Entretanto a transmissão de hoje não foi a respeito das aguardadas sequências. Foi confirmado que muitas delas estão sim em fase de produção e tradução, como o segundo livro de Guerra do Velho e de Marcas da Guerra, porém a expectativa é que ainda vá levar alguns meses até um data oficial se confirmada. Se nada der errado, pois coisas podem dar (é normal), ao menos estas duas sagas estão confirmadas para 2017.

Claro que esse tipo de situação é mais para demonstrar a intenção dos editores do que eles querem e pretender lançar. Os fãs e leitores estão diariamente nas redes sociais perguntando as mesmas perguntas sobre estas obras, e tantas outras e autores na qual a Aleph trabalha. Então é totalmente normal haver essa intenção por sequências, mas ao contrário do que rolou em 2016, em que a editora deu um calendário anual cedo demais e posteriormente prazos acabaram não sendo os mesmos. Mercado de livros no Brasil é complicado, prazos então ainda mais. Quem acompanhar o mercado de quadrinhos e mangás também sente isso.

Enfim, continuando. Então o que está confirmado para março:

  • Star Wars Battlefront – Companhia do Crepúsculo de Alexander Freed – 424 páginas – lançamento 22 de março – Amazon Br

Sinopse da editora: Entre as estrelas e através do vasto espaço, a Guerra Civil Galáctica urge. Nos campos de batalha de diversos planetas na Orla Média, legiões de stormtroopers impiedosos – determinados a esmagar a resistência ao Império onde quer que ela surja – estão envolvidos em combates brutais contra tropas que lutam pela liberdade. Essa resistência é liderada pelos soldados da 61ª Infantaria Móvel, também conhecida como Companhia do Crepúsculo. Determinados, fortes e leais, eles não se deixarão deter nem pelo Império nem pelas adversidades impostas aos rebeldes. Nesta elogiada história do novo cânone de Star Wars, personagens novos e complexos são apresentados, e o leitor acompanha de perto as mais intensas batalhas pela salvação da República.  

  • Nós de Ievgueni Zamiatin – 344 páginas – lançamento 17 de Março – Amazon Br

Sinopse da editora: Nós é um romance distópico escrito entre 1920 e 1921 pelo escritor russo Yevgeny Zamyatin. A história narra as impressões de um cientista sobre o mundo em que vive, uma sociedade aparentemente perfeita mas opressora, e seus conflitos ao perceber as imperfeições dele, ao travar contato com um grupo opositor que luta contra o “Benfeitor”, regente supremo da nação. O livro só adentrou legalmente a pátria-mãe do autor em 1988, com as políticas de abertura do regime soviético, devido à censura imperante no país.

  • Um Estranho Numa Terra Estranha de  Robert A. Heinlein – 576 páginas – lançamento dia 24 de março – Amazon Br

Sinopse da editora: Valentine Michael Smith é um humano criado em Marte. Ao ser trazido à Terra, ele entra em contato pela primeira vez com seus iguais e se esforça para entender os costumes, a moral e as regras sociais que defi nem os estranhos terráqueos. Em meio a diversas barreiras, o homem de Marte se esforça para grokar esse mundo tão alienígena a ele, enquanto procura explicar à humanidade seus próprios conceitos fundamentais, bem como suas concepções de amor e respeito.

Títulos interessantes, não? Vale a pena mencionar o trabalho gráfico aplicado em Nós, que terá seu lançamento em capa dura e toda uma estilização especial ao redor das páginas do livro. Veja o vídeo da Live que foi mostrado o livro já produzido pela gráfica. Está uma coisa de louco.

Já no que diz respeito as tramas de cada um, tudo parece ótimo. Admito que bateu uma curiosidade neste livro de Star Wars, já que ando lendo livros e quadrinhos baseados em games com bastante e curtido todos, fora que o game que deu origem ao livro é muito bom, mas carente justamente de uma história, já que não tem modo campanha. Está chegando ao Brasil um pouco tarde já que Battlefront é um game 2015 (já passou tudo isso e nem parece), porém foi agora no final de 2016 que ele se tornou gratuito para os assinantes do serviço EA Access do Xbox One, então há toda uma nova leva de jogadores interessados nele desde então.

Quanto a Nós e Um Estranho Numa Terra Estranha me parecem títulos que casam perfeitamente com as diretrizes da Aleph, sempre apostando na ficção, em distopias e reflexões sobre sociedades distorcidas em futuros altamente imaginativos.

Ambos os títulos já podem ser considerados clássicos, afinal um é da década de 20 e o outro da década de 60. O que não me assusta, já que tive acesso a vários livros clássicos em 2016, como o Eu Sou a Lenda de 1954 ou Pedra no Céu de 1950 e ambos são incríveis. São obras e narrativas que sobrevivem totalmente até hoje.

Se tiver a oportunidade, quero dar uma olhada em todos e muito mais em 2017. Minha meta esse ano é manter esse ritmo de ler livros simultaneamente e estar sempre aqui no site, duas ou três vezes por mês indicando-os, enquanto foi também mostrando mais a respeito deles nas redes sociais do Portallos.

Mas a Live não parou apenas no mês de março. Mais três títulos estão sendo preparados para o mês de abril. Nenhum ainda possui capa divulgada, então nada de imagens ou muitos detalhes desta vez. São eles:

  • Solaris de Stanisław Lem, livro polonês de 1961 – ih olho só, talvez você não se recorde, mas há três adaptações dele para o cinema, sendo que a última aconteceu em 2002 e tem o George Clooney como protagonista. Lembra? Eu nem imaginava que esse filme era baseado em um livro. A trama gira em torno de um planeta que supostamente tem um oceano que é meio que uma entidade viva e na tentativa dos seres humanos de tentar de comunicar com tal ser.

 

  • Encarcerados (Lock in no original) de John Scalzi, livro de 2014 – o mesmo autor do excelente Guerra do Velho. Imperdível a meu ver, já que Scalzi é um destes novos escritores da atual moderna ficção científica que é considerado um dos melhores do meio. Depois de Guerra do Velho, Scalzi ganhou a minha confiança para o que quer que ele venha a publicar. A trama desse livro gira em torno de uma doença, um futuro bizarro e pessoas que colocam suas mentes em outros corpos. Parece tão maluco quanto Guerra do Velho, porém é um livro mais focado em um mistério policial, regado a muita ficção científica, é claro.

 

  • Duna de Frank Herbert, livro de 1965 – este é outro clássico da ficção científica (e que nunca li). A Aleph estará relançando essa saga com um novo tratamento gráfico. A editora já havia lançado há alguns anos os três primeiros livros, mas na transmissão é explicado que houve problemas com contratos, o esgotamento do primeiro livro e aí surgiu essa oportunidade de fazer tudo de novo, desta vez com a promessa de que a cada 2 ou 3 meses, um novo livro da saga vai ser lançado e assim em pouco tempo tudo estará terminado.

No caso de Duna, por existir uma versão gráfica diferente, na transmissão foi recordado que a editora tem o programa Total Recall, na qual o leitor que queira trocar seu livro antigo por uma nova versão lançado pela Aleph, basta entrar neste site e ver como funciona para enviar a antiga versão para a editora e receber um novo com 50% de desconto. Pessoalmente ainda não tive a chance de testar para ver como funciona, porém achou louvável essa iniciativa da editora e na transparência na qual está sempre lembrando os leitores que é totalmente possível trocar seu antigo livro por uma nova versão gráfica.

Ufa, e foi mais ou menos estes os principais pontos da Live da Aleph do dia 10 de março de 2017. Boas novidades, bons livros chegando por aí. E vale sempre lembrar que para aqueles que nem sempre podem pagar por um lançamento, é sempre uma boa pesquisar por antigos lançamentos da Aleph. Seus livros estão sempre em promoção em sites como Submarino, Saraiva e Amazon Br.

A editora também está com um site novíssimo e bonitão! Que também funciona como uma loja e na qual há promoções semanais com ótimos descontos. Fora que ficou bem legal conferir todo o catálogo dela pelo novo site. No mais, para quem tiver curiosidade nos títulos que já li ou que ainda estou lendo, há sempre o link de indicações e impressões de livros aqui no site. Dê um pulo por lá para ler alguns trechos e ver alguns impressões sem grandes spoilers, afinal meu objetivo é sempre instigar sem estragar a surpresa ao conhecer um novo livro.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios