JapãoLendo

Editora JBC anuncia excelentes novos mangás e ainda retorna às bancas um dos títulos da Conrad!

A JBC chutou o pau da barraca sexta-feira no Anime Friends e anunciou oficialmente 09 novos mangás para serem lançados ao longo de 2010 aqui no Brasil. O mais incrível mesmo são os títulos revelados. Coitado do meu bolso pra ter que colecionar tudo isso de novidade, se bem que acho que dos nove, apenas três títulos são certeza que colecionarei. Os outros devo acabar pegando numa futura oportunidade. Prepare-se então e veja os títulos:

Rosario + Vampire e Busou Renkin
(Mangás da Jump!)

Quanto à Rosario + Vampire, nem preciso dizer nada pois já havia feito um post especialmente para comentar sobre a série, basta clicar aqui! Mas Busou Renkin vale à pena algumas palavras e informações. O autor deste mangá é Nobuhiro Watsuki, conhecido por outra criação famosa aqui no Brasil, Samurai X (Rurouni Kenshin). Busou Renkin foi publicado na Jump entre 2003 à 2006, tem 10 volumes encadernados e um animê de 26 episódios.

Cheguei a conferir alguns episódios do animê alguns anos atrás. Era uma série legal e divertida, bem ao estilo shonen escolar, com vilões esquisitos, monstros e batalhas bacanas. Nem me lembro porque não cheguei a ver tudo, deve ser porque na época eu estava começando a acompanhar Naruto, Bleach e One Piece e eram muitos episódios e na época larguei mão de muitas outras séries. Mas pretendo colecionar mais esta publicação da JBC, afinal, são apenas 10 volumes. E depois disso com certeza irei rever a animação.

Dois mangás da Jump estreando no Brasil então. Duas ótimas opções de mangás de curta duração. O bacana é que com isso o catálogo de mangás da Shonen Jump vai diminuindo aos poucos, e vai sobrando outras séries que torço para venham algum dia para o Brasil como Katekyo Hitman Reborn! e Bobobo-bo.Bo-bobo. Apenas lembrando que Ichigo 100% (100% Morango) estreou em maio pela Panini e também é da Jump. Menos três mangás da Jump. E sobre One Piece eu vou comentar mais abaixo, um momento. Aos curiosos, um vídeo da abertura de Busou Renkin:

Monster Hunter Orange e Saber Marionette J
+ Blue Dragon Secret Trick
(Mangás Curtinhos!)

Monster Hunter Orage tem apenas 04 volumes. Um mangá baseado na famosa franquia de videogames da Capcom. Não sei exatamente se o protagonista da série do mangá participa diretamente de algum game, mas é no universo proposto do famoso RPG. Outro detalhe que talvez chame a atenção dos fãs é que este mangá foi escrito por Hiro Mashima, o autor de Fairy Tail (já vou falar dele, calma!).

Enquanto isso Saber Marionette J tem apenas 05 volumes. Ao contrário do que acontece no Japão, um mangá é criado e tempos depois fazem uma versão em animê do mesmo, aqui temos exatamente o contrário. Um animê que foi criado e  depois foi adaptado em mangá. Nunca assisti o animê, que conta com mais de 60 episódios, produzido entre 1996 à 1999, mas admito que fiquei curioso para assistir. Quanto à versão em mangá, ainda não me decidi, talvez compre online, posteriormente, quando já tiver lançado a coleção completa.

Blue Dragon Secret Trick tem um único volume, que está sendo lançado este mês. Aqui não tenho muito o que dizer. Uma franquia que nasceu no videogame, depois virou animê (que não fez tanto sucesso) e ganhou algumas versões em mangá. Não me interessou, já que prefiro mangás com maior duração.

Code Geass e Märchen Awakens Romance [MÄR] (Mangás Promissores)

Code Geass é uma daquelas séries que os leitores aqui do blog vivem pedindo por uma matéria e também já vi a Dakini elogiar o animê algumas vezes. Não dúvido então que esta seja um dos mangás em que o pessoal elegerá como um dos mais empolgantes da lista dos novos lançamentos. Eu mesmo estou bem curioso.  No Japão a franquia são divididas em várias séries, acredita-se que a JBC lançará todas por aqui. As séries são Code Geass: Lelouch of the Rebellion (6 volumes), Code Geass: Suzaku of the Counterattack (2 volumes), Code Geass: Nightmare of Nunnally (5 volumes), A Record of the Strange Tales of the Bakumatsu Era: Code Geass (2 volumes). Atualmente no Japão está sendo produzido e lançado uma nova série Code Geass: Shikkoku no Renya, porém como ela começou em 2010, ainda não teve nenhum encadernado lançado. Code Geass também já ganhou duas versões em animê, assim como OVAs.

Märchen Awakens Romance parece ser um ótimo mangá para quem curte aquele estilo mais voltado à fantasia e magia. Na verdade nunca vi o animê e nada sobre o mesmo, mas o traço do mangá me chamou um pouco a atenção. A coleção tem apenas 15 volumes, me despertou a curiosidade, não compraria momentaneamente, pois acho que na lista existe títulos melhores, vamos aguardar pra ver quando é que ele sai. O problema desse monte de mangá saindo quase ao mesmo tempo é que é preciso fazer uma seleção. MÄR com certeza seria um título que eu acompanharia se não houvesse mangás melhores na atualidade para comprar. Gosto destes mangás viajados, com fantasia, batalhas e universos criados especialmente para a história.

Neon Genesis Evangelion
(Um dos títulos abandonados pela Conrad)

Uma surpresa total ver um dos títulos abandonados pela Conrad sendo resgatado por outra editora, isso só faz aumentar as esperanças de que One Piece algum dia seja resgatado também pela JBC ou Panini. O caso é que Neon Genesis Evangelion é um mangá bem mais curto do que One Piece, sem mencionar que a sua fama mundial também é enorme. Um dos clássicos da animação e dos mangás, dizem que é uma daqueles séries que revolucionam outras e eu não duvido nem um pouco.

Segundo a informação de alguns sites pela internet, já que eu não estava presente na Anime Friends é que a JBC pretende continuar de onde a Conrad parou. Pra mim isso é um balde de água fria, primeiro porque a Conrad lançava a série mutilada, naquele horrível formato onde 1 volume Japonês é dividido ao meio e lançado por aqui em dois volumes menores. Péssimo! A Conrad chegou a publicar por aqui 10 volumes japoneses, ou seja, foram 20 edições. A JBC teria apenas 02 volumes para lançar em 04 edições. Totalmente sem graça se fizerem isso.

Puxa, são apenas 12 volumes, não seria legal se fossem tudo relançado em formato original? Tudo bem, poderiam até lançar os últimos 4 volumes para os colecionadores da versão Conrad, mas também lançassem a versão integral para que os novos leitores desta geração pudessem apreciar a obra. Volto a dizer, a informação que encontrei pela internet seria esta, que a JBC daria continuidade. O jeito é esperar e ver o que vai acontecer realmente.

Segundo a Wikipédia, Neon Genesis Evangelion, além desta série principal de 12 volumes (que ainda não foram finalizados no Japão), ainda existem outras série relacionadas ao universo da mesma, como “Neon Genesis Evangelion: Angelic Days” (06 Volumes), “Neon Genesis Evangelion: Shinji Ikari Raising Project” (10 volumes e ainda em publicação), “Neon Genesis Evangelion: Gakuen Datenroku” (04 volumes). Não sei se a Conrad chegou a publicar alguma destas séries por aqui e também não sei se a JBC pretende fazer o mesmo, mas seria bacana se saisse tudo relacionado a este universo.

Se a JBC realmente publicar desde o primeiro número e na forma integral, com certeza comprarei este clássico dos mangás! Se não, vai ser apenas mais um dos títulos a se ignorar, infelizmente.

Fairy Tail
(O maior lançamento do ano!)

Pra mim, o anúncio do lançamento de Fairy Tail no Brasil é quase como um tapa na cara da Panini, que atualmente lança por aqui Naruto e Bleach, títulos que estão sempre na lista dos mangás mais vendidos no Japão (alias aqui não temos listas de mais vendidos porque as Editoras em geral – não estou falando da JBC apenas – tem uma baita frescura e medo de confirmarem como vendem muito pouco para uma população que odeia a leitura). Não só Fairy Tail, mas a lista inteira de novos lançamentos vem cheio de pesos-pesados, e deixou no chinelo os títulos anunciados pela Panini lá pra Abril. Os títulos da Jump para JBC foram melhores, os alternativos como Code Geass e MAR também se saem bem e até mesmo o resgate de um dos clássicos da Conrad. Pode ser um real mais caro os mangás lançados pela JBC, mas a empresa chega em 2010 mostrando que não vai deixar a Panini dominar o seguimento com títulos hypados.

Fairy Tail é a prova disso. Um mangá até novo no Japão, de autoria de Hiro Mashima, começou em 2006 e ano passado ganhou a sua versão em animê que vem fazendo muito sucesso. Possui atualmente um pouco mais de 20 volumes publicados e ainda está em produção no Japão. Eu acompanho a série pelo animê e apesar de ter achado o começo um pouco arrastado, as sagas seguintes são muito bacanas e bem animadas, se não fosse bom eu tinha largado de assistir, mas agora a quase um ano já de exibição (começou em outubro do ano passado), continuo assistindo regularmente. A série usa e abusa do gênero fanatasia e do bom humor. Muitas piadas e situações me lembro muito o que Eiichiro Oda faz genialmente em One Piece. Hiro Mashima sabe brincar com situações cômicas até mesmo em momentos de tensão, como as batalhas, que por sinal são sempre ótimas até onde acompanhei. Não é uma série que fica com dramalhões, tem suas surpresas e revelações e as situações criadas dentro do universo são originais e diversificadas, não deixam a série tediosa. Com certeza o mangá é mais do que bem vindo ao Brasil e vou colecionar sem sombra de dúvidas!

Ah, aproveitando o assunto, a imagem do Natsu que abre o post é uma fanart daqui. (Saint-Preux do DeviantArt)

Infelizmente para os que estão empolgados em saber quando é que tais séries irão chegar por aqui, a JBC não anunciou datas e nem mesmo se todas serão no formato integral dos volumes japoneses. Mas já faz um bom tempo que todo lançamento em mangá no Brasil vem com volumes completos, não me lembro de nenhum lançamento recente do volumes mutilados ao meio. Quanto ao lançamento destes, a JBC promete começar a lançar tudo até o final deste ano. Rosario + Vampire e Blue Dragon já estão saindo este mês.

Pra mim, os dois títulos da Jump (Rosario e Busou), por serem curtos, colecionarei. Fairy Tail é certeza, mesmo que seja de longa duração, alias as capas desse mangá são muito bem desenhados, fico de boca aberta com a qualidade. Quanto ao resto, vou esperar melhor sobre as datas de lançamento, mas estou tentado a colecionar Code Geass e Evangelion, dependendo é claro do formato e de quando começarão. E você? Da lista acima ficou interessado em algum novo título?

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios